terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Exposição bacana | Good exibition


Será inaugurada em São Paulo no dia 30 de janeiro a mostra "A Arte de J. Borges: do Cordel à Xilogravura", do artista pernambucano José Francisco Borges.

A exposição revela a trajetória do artista autodidata, focando o percurso de sua produção de cordéis e gravuras em cenários que ilustram ouniverso cultural nordestino. São exibidas xilogravuras, cordéis e matrizes originais.

Durante a exibição da mostra, que estará aberta até o dia 28 de fevereiro, serão realizadas oficinas gratuitas de xilogravura aos sábados. A mostra não apresenta apenas a obra de J. Borges, mas o percurso de sua vida e sua expressão artística. Assim, a montagem procura contextualizar a exposição, trazendo um pouco da casa do artista à mostra, que conta com
fotos e gravuras de seus familiares e aprendizes, e um pouco de sua cidade-natal, Bezerros (PE), que é representada por barraquinhas de feira com gravuras penduradas. Será exibido, ainda, um documentário de Vincent Carelli, que mostra a vida e a obra de J. Borges e a sua relação com a
pacata cidade.

Nascido em 1935, José Francisco Borges ou J. Borges, como prefere ser chamado, é um dos mais expressivos artistas populares do Brasil. Considerado por Ariano Suassuna o maior gravador popular do país, o artista foi um dos ilustradores do calendário da ONU do ano de 2002. Autodidata, J. Borges publicou seu primeiro cordel em 1964, intitulado "O Encontro de Dois
Vaqueiros no Sertão de Petrolina", seguido de "O Verdadeiro Aviso de Frei Damião Sobre os Castigos que Vêm", cuja publicação deu início à sua profícua carreira de gravador.

A Arte de J. Borges: do Cordel à Xilogravura
Quando: de 30 de janeiro a 28 de fevereiro; de terça-feira a domingo, das 9
às 21 horas
Onde: Caixa Cultural São Paulo (Sé) - Praça da Sé, 111 - Centro - São Paulo
(SP)
Quanto: Entrada franca - Recomendação Livre
Informações: (11) 3321-4400

Dica de Xilomovel
Ainda dá tempo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no sketchbook | Coment on the sketchbook